Home Resenhas As sombras de outubro || Søren Sveistrup

As sombras de outubro || Søren Sveistrup

por Nilda de Souza

As sombras de outubro, Søren Sveistrup, Editora Suma, é uma história sensacional. A caçada ao terrível serial killer me deixou apreensiva do início ao fim. Foi grande a minha expectativa para saber quem era o assassino. 

A condução da investigação é muito criteriosa, lançando o leitor no ambiente de busca e  análise das pistas. 

Outro ponto, para mim, excelente, é a ambientação. A história se passa em Copenhagen, Dinamarca, em outubro, claro. Nessa época, as árvores estão com as folhas em tons terrosos, avermelhados, amarelados. Essa atmosfera acaba contribuindo para deixar a história muito mais sombria, opressiva. 

Ah, e anoitece muito cedo, no meio da tarde, e sempre chovendo. Tem coisa mais opressiva?! As folhas amarelas não passam romantismo aqui. 

Em As sombras de outubro, tudo começa quando uma mulher é encontrada morta e sem uma das mãos. 

A detetive Naia Thulin é designada para a investigação, junto com seu novo e temporário parceiro Mark Hess. 

Na cena do crime nada de substancial é encontrado. No entanto, na análise forense, uma digital é encontrada num boneco feito de castanhas. 

O estranho é que a digital é da filha da Ministra do Bem-estar Social, Kristine, dada como morta há um ano. 

Poucos dias depois, outra mulher é assassinada, e dessa vez o assassino levou as duas mãos da vítima.

E, novamente, um boneco feito de castanhas, com a digital de Kristine, é encontrado na cena do crime. 

Aí começa uma corrida contra o tempo, pois fica claro que o assassinato vai matar novamente. 

Thulin está tentando conseguir uma transferência para outro departamento, que será mais interessante para sua carreira, mas antes ela precisa solucionar esses crimes. Ela é extremamente competente. 

Hess, de início, não parece motivado, pois tudo o que quer é retornar ao seu posto na Europol. Mas, no decorrer da história, a gente vai percebendo que ele não é um babaca. 

O babaca mesmo é o chefe da divisão de crimes hediondos, o Nylander. 

A história mostra bem pouco da vida pessoal dos protagonistas, mas a gente consegue captar a personalidade de cada um. Há uma certa reserva. Eles são fechados. Poucos emotivos. 

Eu gostei muito da investigação. Não há exagero na tentativa de enganar o leitor. Somos conduzidos pela investigação, junto com os protagonistas. 

Sombras de outubro: um thriller noir nórdico 

Eu realmente gostei dessa leitura. Ando apaixonada por esse tipo de livro, chamado de noir nórdico. Ano passado eu li Jo Nesbø, esse tipo de história, um dos mais conhecidos por aqui. 

Ah, eu já era fã Søren Sveistrup por causa da série criminal The Killing. 

Você já assistiu a série The Killing? 

As sombras de outubro foi adaptada pela Netflix, a série chega ao Brasil no 29/09

 

Voce pode gostar

Deixe um comentário

@2024 – All Right Reserved. Designed and Developed by PenciDesign

Todas as fotos e textos publicados são produzidos por Nilda de Souza, exceto quando sinalizado.